Régua de Manejo

Régua de Manejo de Pastagem - Tecnologia Embrapa

 

1. Manejo de Pastagem

A principal preocupação do manejo de pastagem consiste em determinar o momento certo de entrada e de saída dos animais nos pastos.
Outro elemento importante do manejo é a quantidade de animais a ser posta no piquete (lotação, UA/ha) para evitar o superpastejo (levando aos pastos rapados) ou superpastejo (sobra de pasto).
Para garantir a produtividade das pastagens ao longo dos anos é necessário aplicar a adubação anual de manutenção.

 

2. Pastejo Contínuo

Nos piquetes sob pastejo contínuo a régua de manejo indica o momento de aumentar ou reduzir a lotação do pasto.
Quando o capim atinge a altura MÁXIMA é hora de aumentar o número de animais no piquete.
Quando chega na altura MÍNIMA deve-se reduzir o número de animais no pasto, ou deixa-lo em descanso.
A taxa de lotação mais adequada será aquela que mantiver a pastagem numa altura intermediária entre máxima e a mínima.

 

3. Pastejo Rotacionado

Nos piquetes sob pastejo rotacionado a régua indica o momento de dar entrada aos animais na pastagem e o momento de retirá-los todos.
A taxa de lotação mais adequada será aquela que permitir o consumo de toda a forragem entre a ALTURA DE ENTRADA e a ALTURA DE SAÍDA num período de 1 á 7 dias.

 

 

 

ESPECIFICAÇÕES DE CAPIM
(clique nas imagens para ver detalhes)
Piatã   Xaraés   Humidicola   Tanzânia
     
Decumbens   Mombaça   Massai   Marandu
     
Ipyporã   Paiaguás   Quênia   Tamani
     
    Tupi   Zuri